Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
Trade
ABIH NACIONAL SE REÚNE COM MINISTRO DO TURISMO E ENTREGA CARTA COM 13 REIVINDICAÇÕES
Imagem do Artigo: ABIH NACIONAL SE REÚNE COM MINISTRO DO TURISMO E ENTREGA CARTA COM 13 REIVINDICAÇÕES

Na última terça-feira, 11 de outubro, uma comitiva de hoteleiros liderada pelo presidente da ABIH Nacional, Dilson Jatahy Fonseca Jr., esteve em Brasília para reunião com o novo ministro do turismo, Marx Beltrão.

Além de entregarem o convite para a sessão solene comemorativa aos 80 anos da entidade, que acontece na Câmara no dia 18 de novembro, o objetivo da visita à capital federal foi entregar uma carta com 13 reivindicações* da hotelaria nacional, destacando a importância do setor que mais emprega e arrecada impostos no turismo brasileiro. Na oportunidade também foi feito o convite para o ministro participar da 59ª edição do Conotel, que acontecerá de 17 a 19 de maio de 2017, no Centro de Convenções Frei Caneca.

Segundo o presidente da ABIH Nacional, uma das entidades mais antigas do trade, a reunião foi bastante produtiva em que foram debatidos os principais pontos e grandes dificuldades que passa o setor atualmente, como a urgência na regulamentação e tributação dos sites de comercializações on line e de produtos e concorrentes não regulamentados, por exemplo. Também foi oportunidade para apresentar ao novo ministro a situação da hotelaria nacional e explicar cada uma das medidas apresentadas na carta expondo a situação geral do setor e os impactos em toda cadeia de serviços do turismo brasileiro, aí incluídas as companhias aéreas uma vez que a reduzida malha da aviação brasileira impacta sobremaneira a performance dos destinos turísticos.

 “Tivemos um encontro muito produtivo e entendemos que é o momento do ministério valorizar o setor hoteleiro e consequentemente o turismo nacional, fortalecendo mais os itens de regulamentação do setor. Todo o mercado espera o retorno dos investimentos dos torneios internacionais tais como a Copa do Mundo e as Olimpíadas em desenvolvimento do turismo interno. Nossa hotelaria é das melhores do mundo e nossas belezas naturais e atrativos turísticos de toda a ordem, de montanhas a praias, natureza e metrópoles, patrimônios históricos, festas populares e toda uma ordem de entretenimento, gastronomia e cultura são garantia de turismo que pode gerar cada vez receita e desenvolvimento social”, afirma Dilson Fonseca.

A comitiva da ABIH Nacional foi composta pelos diretores Manuel Lisboa, Luciano Carneiro, Tomaz Ikeda e Jaime Menin.

Conheça as 13 reivindicações:

1 – Regulamentação geral do SETOR em face de lacunas existentes na legislação vigente, tais como a venda irregular de diárias de aptos residenciais;

2 – Participação e posicionamento da ABIH Nacional em projetos que definem as políticas para o desenvolvimento da hotelaria e do turismo em geral;

3 – Legalização dos jogos no Brasil de modo que abranja a hotelaria em todos os níveis de modo geral e que permitam o crescimento do turismo em todo o Brasil;

4 – Legislação definindo normas de relacionamento com as empresas de cobrança de direitos autorais, ECAD, reconhecendo a não incidência na atividade hoteleira;

5 – Atualização da Lei Geral do Turismo;

6 – Flexibilização da mão de obra temporária ou eventual para o setor hoteleiro;

7 – Modernização e adequação do CDC – Código de Defesa do Consumidor, no que diz respeito à flexibilidade da presença efetiva nas audiências, com substituição por audiência virtual em função da grandiosidade geográfica do Brasil;

8 – Isenção de vistos para turistas internacionais de forma definitiva, dos grandes pólos emissivos;

9 – Ampliação da malha aérea nacional e regional com política de preços compatíveis com o desenvolvimento do turismo interno;

9.1 – Criação do PASSAPORTE BRASIL, permitindo o turista conhecer diversos destinos turísticos em determinado período. Podendo ser utilizado pelo turista brasileiro ou estrangeiro;

10 – Definição de limite de comissionamento para as OTAS;

11 – Ampliação da linha de crédito para capital de giro, reformas e modernização dos empreendimentos hoteleiros nacionais, em função da grave crise atual do setor;

12 – Realizar campanhas promocionais no Exterior, aproveitando a boa imagem do Brasil em virtude da realização da Copa do Mundo FIFA 2014 e das Olimpíadas RIO 2016;

13 – Realizar campanhas promocionais internas, incentivando o brasileiro a conhecer o Brasil;

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED