Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
Trade
Anuário Estatístico de Turismo indica que segmento de turismo em São Paulo continua em boa fase

O segmento de turismo em São Paulo continua em boa fase. É que o mostrou o Anuário Estatístico de Turismo, que traz os principais índices do setor referente ao ano de 2014. O material, elaborado pelo Observatório de Turismo e Eventos de São Paulo (núcleo de estudo e pesquisas da SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos), destaca o crescimento de cerca de 20% no fluxo de turistas no ano passado na capital paulista, chegando a estimados 15 milhões de visitantes, e uma receita turística de R$ 11,3 bilhões , além do aumento de 8% no número de passageiros nos principais aeroportos que atendem a metrópole: Guarulhos, Congonhas e Viracopos.

Entre os fatores que contribuíram para a alta está a Copa do Mundo, que trouxe mais cerca de 541 mil turistas para a cidade de São Paulo entre os meses de junho e julho, sendo mais de 221 mil (40,85%) estrangeiros.

Segmentos como lazer, cultura e compras também obtiveram crescimento expressivo nas indicações de motivação da viagem a São Paulo. A visibilidade trazida pela Copa também pode ter refletido nas chegadas de turistas entre os meses de agosto e dezembro, período que também houve um número grande de eventos na capital. Mais de 6,5 milhões de turistas vieram à cidade neste período, o que representa um crescimento de 6,2% acima do mesmo período em 2013.

 

Destaque nos transportes

A movimentação nos terminais rodoviários e nos aeroportos atingiu índices mais altos se comparados ao mesmo período de anos anteriores. O número de desembarques de passageiros nos terminais rodoviários do Tiete, Barra Funda e Jabaquara registrou um aumento de 3% em relação ao ano de 2013, totalizando uma média de 16.747 milhões de passageiros.

No ano em que o Brasil sediou a Copa do Mundo com São Paulo como cidade sede e palco da abertura dos jogos, os aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Viracopos registraram um aumento de 8% (cerca de 5 milhões) no número de passageiros em relação ao ano de 2013. “Em 2014 tínhamos muitos desafios a cumprir e superamos todos. Eu completei um ano de São Paulo Turismo e o esforço da equipe e de toda a cadeia produtiva valeu muito diante dos bons resultados que tivemos. Mas não podemos descansar. Ainda temos grandes projetos para colocar em prática este ano”, afirmou o presidente da SPTuris, Wilson Poit, cuja permanência à frente da empresa municipal e da Secretaria Municipal para Assuntos de Turismo foi confirmada e exaltada pelo prefeito Fernando Haddad, em cerimônia pública no dia 02 de fevereiro.

 

Rede hoteleira e arrecadação

Outro dado que chama atenção no Anuário diz respeito à arrecadação de impostos com turismo na cidade. O Imposto Sobre Serviços (ISS) do Grupo 13, que abrange atividades relacionadas diretamente ao turismo, obteve um crescimento de 7,2% em 2014 em relação a 2013, chegando a R$ 270 milhões, uma diferença de R$ 18 milhões.

Somente nos meses de julho, agosto e setembro, o município arrecadou com o turismo R$ 66,6 milhões, crescimento de 8% na comparação com igual período do ano de 2013.

Mesmo com o crescimento no número de turistas, os índices dos hotéis se mantiveram praticamente estáveis, com uma diferença de apenas dois pontos percentuais para menos na taxa de ocupação se comparada ao mesmo período de 2013, enquanto a ocupação dos hostels teve leve alta de quase 1%, mesmo com a abertura de mais unidades. A causa provável desses índices, segundo análise do relatório estatístico, é a tendência dos visitantes em procurar opções mais econômicas de hospedagem como, além dos hostels, beb&breakfast e casas de amigos e parentes.

 

Tendências para 2015

O Anuário Estatístico de Turismo mostrou ainda algumas tendências para este ano no mercado turístico. Para 2015, o relatório aponta que a expectativa é de ascensão do turismo doméstico e de pequenas distâncias. Além disso, há um cenário positivo no horizonte de eventos. “Esperamos um incremento em eventos, especialmente do segmento de serviços e sociais ou culturais, como shows, festivais e grandes festas, por exemplo”, disse o secretário Poit.

Entre as aspirações da São Paulo Turismo para 2015 estão ainda, acréscimo de ações de parceria do setor de turismo com outras áreas como meio ambiente, educação e esportes.

Outra meta importante é ter o Autódromo de Interlagos renovado e com obras finalizadas este ano, elevando o equipamento a ser um dos três melhores autódromos do mundo. Projetos de reforma e ampliação do Anhembi, que já começou com o chamamento para construção de uma nova Arena multiuso e aprovação junto aos órgãos competentes de melhorias em outras partes do complexo, também estão no radar da administração.

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED