Terça-feira, 20 de Novembro de 2018
Corporativo
Com nova tecnologia, Tour House Eventos irá faturar o dobro em 2019
Imagem do Artigo: Com nova tecnologia, Tour House Eventos irá faturar o dobro em 2019

Na última semana a Tour House Eventos reuniu gestores de eventos para a apresentação de sua plataforma de gestão online de eventos, inicialmente disponível apenas para clientes da empresa. Ancorado pela apresentação de Mateus Passos, diretor da Tour House Eventos e pela palestra de Roberta Nonis, da Evento Único, que tratou de explicar o conceito SMM – Strategic Meeting Management, a plateia formada por meeting planners pode acompanhar a demonstração dos recursos e verificar seus diferenciais.

Com a criação do Single Point Of Event Controller (S.P.E.C.), a Tour House Eventos vem suprindo a carência de grandes empresas executoras de eventos e projeta ampliar em 100% o faturamento em dois anos.

Segundo o diretor da área, Mateus Passos, entre 2017 e 2018 o sistema foi implementado em empresas como BRF, Philip Morris e Unilever. Do total de R$ 130 milhões em vendas da Tour House Eventos neste ano, cerca de R$ 50 milhões serão gerenciados por meio do sistema. Para 2019, a projeção é superar os R$ 100 milhões.

“O mercado de eventos corporativos movimenta mais de R$ 10 bilhões anualmente. A maior parte desse montante é gerenciada com planilhas e o fluxo de contratação é viabilizado por e-mail, o que impede que as empresas tenham um gerenciamento preciso dos seus investimentos em eventos e reforça a carência de sistemas de gestão”, argumenta Passos.

Com a implementação do sistema, a participação dessa área na receita do Grupo Tour House avançou de 30% para 36% em um ano. “Entre julho de 2017 e junho de 2018, a unidade de negócio cresceu 84%, bem acima da média de 70% registrada pelo grupo”, afirma. Para o próximo ano, a empresa estima conquistar cinco novos clientes.

Em desenvolvimento pela equipe interna desde agosto de 2017, o S.P.E.C. oferece diagnóstico completo ao cliente e permite acompanhar todo o processo comercial, como gerir dados sobre o tamanho do evento, fluxo de aprovação, além de apontar o status do contrato (orçamento, aprovação, pagamento efetuado ou evento cancelado). Também revela quanto será economizado na negociação com fornecedores, o que evita imprevistos e distorções entre o valor aprovado para a realização do evento e a quantia utilizada.

“A ferramenta apresenta alto grau de usabilidade e customização, fornecendo informações em tempo real desde a concepção até a finalização do serviço. Painéis e gráficos mostram os indicadores e métricas para alcançar os objetivos”, acrescenta Passos.

Dos atuais 40 clientes da Tour House Eventos, dez foram conquistados entre 2017 e 2018, atraídos pela funcionalidade tecnológica do sistema. Quatro já estão em fase de implementação. “Notamos que 70% dos clientes aderiram à nossa ferramenta nos contratos de prestação de serviço que fechamos. A transformação digital é uma prioridade das empresas e faz parte do nosso DNA. Não à toa, a última previsão indica que o mercado de TI crescerá 5,8% neste ano, atendendo empresas sedentas por automatizar seus processos”, avalia o executivo.

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED