Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Trade
Desenvolvimento, geração de empregos e turismo sustentável são temas de roda de debate com Ministros da América Latina
Imagem do Artigo: Desenvolvimento, geração de empregos e turismo sustentável são temas de roda de debate com Ministros da América Latina

Em encontro que reuniu mais de 100 pessoas, entre líderes de entidades de classe, autoridades, executivos da iniciativa privada e profissionais do turismo, no segundo dia da WTM Latin America & 47º Encontro Comercial Braztoa, foi marcado pela realização da “Mesa Redonda Ministerial sobre Turismo como Ferramenta para o Desenvolvimento”.

 

O encontro, idealizado durante a WTM London, em novembro de 2016, reuniu lideranças dos três países na América Latina que, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), estão entendendo o turismo como vertente de desenvolvimento sustentável. Participaram Lilian Kechichián, Ministra do Turismo do Uruguai;  Marx Beltrão, Ministro do Turismo do Brasil e Alejandro Lastra, Secretário do Turismo da Argentina. “A WTM é, mundialmente, reconhecida por garantir encontros que promovam o networking, a geração de negócios e reflexão sobre os desafios e oportunidades da indústria. Realizar este encontro como um dos marcos da quinta edição da WTM Latin America é motivo de muito orgulho para nós Sabemos que estamos, efetivamente, contribuindo para o desenvolvimento da indústria”, diz Lawrence Reinisch, diretor da WTM Latin America.

 

A secretária da Organização Mundial do Turismo (OMT), Sandra Carvao, que mediou o debate, reforçou a importância de 2017, eleito como Ano do Turismo Sustentável, e destacou as três metas que permeiam o ano: aumentar a consciência sobre o poder desta indústria como ferramenta de desenvolvimento sustentável; mobilização do setor público e privado; mobilização com políticas públicas mudando o comportamento do consumidor.

 

Durante o debate, o ministro brasileiro, Marx Beltrão, reforçou a importância das iniciativas que vem sendo desenvolvidas, com destaque às políticas de facilitação de vistos, fortalecimento de infraestrutura aérea, com mais conectividade, e promoção do destino, além da dimensão do território brasileiro e importância da parceria com a iniciativa privada. “Estamos trabalhando fortemente na pauta das concessões e de infraestrutura, ampliando o acesso às mais de 60 milhões de pessoas que viajam pelo Brasil. Mas o governo não consegue cuidar de tudo”. Alejandro Lastra, secretário do Turismo da Argentina, complementou, dizendo que “é evidente que temos parcerias com a iniciativa privada”.

 

Para Lilian Kechichián, ministra do Turismo do Uruguai, “o turismo é convertido em uma política de estado para transformar-se em um projeto de país”. Em 2016, o Uruguai recebeu cerca de 3 milhões de pessoas, o mesmo número de habitantes do país. Os turistas movimentaram quase 1 milhão de dólares apenas em um ano. Os principais locais de procura são Montevidéu, Punta Del Leste e El Litoral Termal.

 

Marx Beltrão destacou que o País precisa utilizar o setor como mola de desenvolvimento econômico “gerando emprego e renda nas comunidades locais onde os empreendimentos do turismo já estão desenvolvidas”. O ministro brasileiro complementou que a indústria continua crescendo, mesmo diante dos desafios econômicos. “O turismo é o único setor que anda na contramão do desemprego”.

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED