Artigos
Design musical: 5 dicas que podem ajudar a dar vida a eventos

Confira 5 dicas que podem ajudar a dar vida a reuniões e eventos e gerar maior envolvimento entre os participantes neste artigo da produtora Bruna Biason.

Imagem do Artigo: Design musical: 5 dicas que podem ajudar a dar vida a eventos

Música normalmente é algo que “pensamos depois”, mas assim como o A&B e a cenografia de um evento, isso precisa de atenção! Em geral, na hora de reduzir custos, qual o primeiro item cortado do orçamento?

Se você NÃO respondeu a música, parabéns, você realmente pensa em como reter a atenção dos participantes

A seguir você verá 5 dicas que podem dar vida a reuniões e eventos, gerar maior engajamento e tornar o dia dos participantes mais agradável.

1 – Conhecer o público e preparar o estado emocional

Pense na banda do Jô Soares ou no David Letterman’s Late Show. Bandas de primeira linha podem trazer energia e maior envolvimento do participante no seu evento tocando nas entradas e saídas de palestrantes ao palco, ou em entradas de sala, criando sensações através da música durante seu tempos e movimentos.

post-musica-01

A opção por uma banda de qualidade pode fortalecer um evento (foto: Bruna Biason)

Um erro comum é deixar a música para alguém que não conhece o seu público. Pedir para o rapaz do som que você conheceu minutos antes para tocar algo de seu arquivo pessoal pode até não arruinar o dia, mas também não irá te ajudar a atingir os objetivos do evento.

Você conhece seu público e pode colocá-los no estado emocional certo – energizando as equipes para um kick-off de vendas, relaxando o público antes de uma reunião interna que pode ser mais calorosa, ou até mesmo preparando o clima para o jantar de gala. Você pode transformar o humor do seu participante simplesmente com a música certa no momento certo.

2 – Ensaie e emocione

Outro grande erro é não ensaiar. Já imaginou o Oscar sem ensaios!? Por menor que seja seu evento, o ensaio proporciona a segurança e define as ações durante o evento.

post-musica-02

(Fonte: reprodução Oscar na TV)

Seja música mecânica ou banda ao vivo, ensaie a música que será tocada quando as portas da plenária se abrirem, quando o CEO subir ao palco ou durante o jantar. Sente-se em diferentes pontos da sala para ter certeza que o volume está apropriado. Se é música de fundo, tenha certeza de que todos conseguem falar sem esforço. Se é o grande número de abertura, certifique-se de que ocorra o impacto sem estourar os tímpanos do público na fila da frente.

E mais do que tudo, emocione!

3 – Efeitos da música no cérebro

Hoje em dia temos que pensar cada vez mais em como podemos reter a atenção dos participantes nos eventos. A música pode ser um grande aliado para o engajamento, como também pode aumentar a produtividade, a criatividade e criar uma atmosfera que irá ajudar no aprendizado e concentração.

post-musica-03

(reprodução The Music Psychology/visually)

Como podem ver na imagem acima a música pode exercer diversos efeitos no cérebro. Ouvir música pode melhorar a criatividade, felicidade e habilidades com idiomas.

Ondas cerebrais específicas estão associados a resultados cognitivos, e as ondas sonoras, quando coincidem com essas ondas cerebrais induzem a um estado de espírito específico.

4 – Quebre o Gelo

O envolvimento do time com o objetivo do evento é determinante para atingir os resultados. Através da música você promove esse envolvimento e gera entusiasmo entre qualquer tamanho de grupo.

Dinâmicas de grupo realizados com música liberam a criatividade, estabelecendo um ambiente de alta energia para manter o público motivado.

post-musica-04

(reprodução Song Division / Gotham Artists)

E reforçar os valores da empresa através da música é uma ótima opção para engajar o grupo e fazer com que esses valores não saiam da cabeça do participante.

5 – Prepare uma playlist

Imagine um filme sem trilha sonora!? Preparar uma playlist de acordo com o tema do evento ou qual estado de espirito quer atingir nos participantes é hoje tão importante quanto a trilha sonora de um filme.

Já pensou em perguntar ao palestrante qual a música que ele gostaria que tocasse ao subir ao palco?

A música pode definir o tom para convidar as pessoas a permanecerem abertas a novas ideias e para situações que envolvem tomar novas decisões.

A Dra. Ellen Weber, doutora no Instituro MITA em Rochester, NY, e especialista em “O cérebro na Música”, dá as seguintes recomendações para que você possa pensar na sua playlist.

Música clássica, como Haydn e Mozart, Bach, Handel, Vivaldi e Corelli, muitas vezes, melhora a concentração e memória quando tocada ao fundo.

Música romântica, aumenta nossos sentidos e aumenta a sensação de simpatia e amor.

Música impressionista, como Debussy, Fauré e Ravel, pode desbloquear imagens oníricas que nos colocam em contato com nossos pensamentos inconscientes e sistemas de crenças.

Jazz, blues, soul, pode elevar e inspirar-nos, liberando alegria profunda ou mesmo uma profunda tristeza, transmitindo sagacidade e afirmar a nossa humanidade comum.

Salsa, rumba, merengue e qualquer forma de música sul-americana faz o coração acelerar, recebe-nos em movimento, tanto nos relaxa como também nos desperta.

Big Band e música country envolve nossas emoções e nos conforta.

Rock, desde Elvis Presley aos Rolling Stones, mexe com paixão e atividade, e por isso pode liberar as tensões diárias. Rock também pode mascarar a dor e encobrir ruídos desagradáveis.

Música ambiente ou New Age ,como Stephen Halpern e Brian Eno não tem ritmo dominante, por isso alonga o senso de espaço e tempo, induzindo a um estado de alerta relaxado.

Heavy metal e hip-hop, excita o sistema nervoso, e às vezes nos leva a manifestação de comportamento dinâmico e auto-expressão.

A música religiosa e sagrada, como hinos e evangelho nos leva a sentir-se ancorado no momento, e leva a profunda paz e consciência espiritual. A música sacra, muitas vezes nos ajuda a ultrapassar a dor.

Deixo aqui uma playlist para vocês se inspirarem.

Playlist para Sessões Plenária

39 musicas – 2hr 35 minutos

post-musica-05

Para baixar a playlist https://play.spotify.com/user/songdivision/playlist/7mmur1ZRkYBjYB9iHAjkMJ

That’s all folks! Espero que tenham aproveitado as dicas e que consigam convencer seus clientes internos e externos, de que música é essencial nos eventos e que pode exercer forte influência no comportamento do participante.

Vamos falar mais sobre música e os eventos.

 

Artigo originalmente publicado no www.dicaevento.com, com acesso no link http://www.dicaevento.com/artigos/design-musical-5-dicas-que-podem-ajudar-a-dar-vida-a-eventos/

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED