Quarta-feira, 18 de Julho de 2018
Trade
Dez dicas para aproveitar São Paulo gastando pouco
Imagem do Artigo: Dez dicas para aproveitar São Paulo gastando pouco

By Rose de Almeida

É possível viajar em um período de crise econômica? Se escolher São Paulo como destino, a resposta é sim! A maior metrópole do Hemisfério Sul faz jus as suas características: uma capital acolhedora e diversa, que atende a todos os gostos e bolsos.

1. O primeiro passo é pesquisar. Acesse os sites de busca de voos e fique de olho nas promoções! A capital paulista é atendida pelo maior aeroporto do país, o Internacional de São Paulo (GRU), de onde sai ou por onde passa grande parte da malha aérea do Brasil e do mundo. E também por Viracopos e Congonhas, que integram a lista dos top 10 aeroportos do país. Por isso, sempre há uma promoção para vir para Sampa.

2. Procure as Centrais de Informação Turística (CITs) da cidade. Elas fornecem aos visitantes panfletos, guias, roteiros de passeio e mapa da cidade que podem ajudar na programação. Acesse aqui para saber onde encontrar uma: http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/centrais-de-informacao-turistica ou vá direto ao www.cidadedesaopaulo.com e confira as dicas.

3. Para explorar as maravilhas paulistanas, vá de transporte público. É barato e você consegue chegar a quaisquer pontos turísticos. E mesmo se quiser usar apenas o transporte sobre trilhos, que é abundante na cidade, já é possível conhecer boa parte deles. De acordo com a Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos, são quase 60 estações de metrô e 150 trens à disposição de moradores e visitantes. Além disso, são aproximadamente 15 mil ônibus que circulam pelas ruas paulistanas e, a partir do dia 28 de fevereiro, a Prefeitura de São Paulo colocou 151 novas linhas para funcionar de madrugada, da meia-noite às 4h.

4. Alugue uma bike! Viva os melhores momentos de São Paulo sob duas rodas e não pague – ou pague muito pouco – por isso! Existem diversos pontos de aluguel de bicicleta espalhados pela capital. Na maioria deles, a primeira hora de pedalada é gratuita e o adicional varia de R$2 a R$5, em média. Conhecer a cidade de bike não é exclusividade das cidades européias! São Paulo tem investido muito na mobilidade urbana para buscar promover uma relação harmoniosa com o espaço público.

5. Onde ficar? Hotéis e pousadas costumam ser mais caros devido aos serviços que oferecem. Mas se a idéia é gastar pouco, o hostel é aconselhável. Além de não mexer muito no bolso, os quartos compartilhados permitem às pessoas conhecer outros viajantes e desenvolver novas experiências. Segundo dados do Observatório de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo, são 70 hostels com 2,2 mil leitos disponíveis na capital. Para conferir a lista, acesse: http://ahostelsp.com.br/hostels/ e/ou http://www.booking.com/searchresults.pt. Há ainda a modalidade Bed & Breakfast (B&B), que está crescendo na cidade. Já há mais de 1,5 mil quartos cadastrados em São Paulo. Confira alguns em https://www.airbnb.com.br/s/São-Paulo

6. Atrações gratuitas. Diversos pontos turísticos permitem entrada gratuita diariamente ou em determinados dias da semana . Por exemplo, o Museu da Língua Portuguesa é gratuito às terças-feiras e aos sábados; o Masp, às terças; o Museu do Futebol é gratuito aos sábados; exposições do acervo do Museu da Imagem e do Som (MIS) são gratuitas às terças-feiras.

7. Também tem as opções de passeios ao ar livre. São inúmeros parques com quadras poliesportivas, playgrounds, ciclofaixas, equipamentos de academia, espaço para leitura e descanso. São algumas das opções Parque do Ibirapuera, Parque do Carmo, Praça Pôr do Sol, Parque Villa Lobos e Horto Florestal.

8. São Paulo tem passeio cultural baratinho! Mas as peças de teatro custam sempre uma fortuna, certo? Errado! A cidade atende a todos! O teatro da Livraria Cultura no Conjunto Nacional, por exemplo, oferece peças em que os ingressos variam de R$40 a R$60. E ainda tem as várias unidades do Sesc-SP presentes na cidade sempre com uma peça interessante e com preço popular.

9. E na hora que a fome bater? Existem muitas opções de bares e restaurantes, alguns deles com opções de pratos comerciais a baixos preços. Ainda tem a opção das feirinhas gastronômicas e os food trucks.

Confira: http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/gastronomia/4747-sao-paulo-reduto-gastronomico-do-brasil

10. Se despedir da cidade sem levar souvenir não dá, né? Aproveite para conhecer algumas das ruas paulistanas famosas pelo comércio popular, como a Rua 25 de Março, Ladeira Porto Geral, os bairros do Brás e Bom Retiro, a rua José Paulino, entre outras. Além disso, tem as galerias pela Avenida Paulista e as feirinhas, como a que acontece na Praça Benedito Calixto e na Praça da Liberdade, e ainda os outlets.

Informações à imprensa:

Source:: Revista Pelo Mundo – Pelo Trade

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED