Terça-feira, 20 de Novembro de 2018
Trade
Enquete ALAGEV ELEIÇÕES 2018: segmento de viagens e eventos corporativos já sente o impacto das urnas
Imagem do Artigo: Enquete ALAGEV ELEIÇÕES 2018: segmento de viagens e eventos corporativos já sente o impacto das urnas

Neste domingo (28), o brasileiro conhecerá o nome do novo presidente da República. Mas, independentemente da decisão nas urnas, a indústria de viagens e eventos corporativos já começou a sentir os impactos do pleito eleitoral de 2019. A Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (ALAGEV) realizou, nesta semana, enquete com seus associados para entender o clima e os possíveis desdobramentos deste período.

“A eleição deste ano, mais que um debate de ideologias, está volatilizando o mercado e impactando o segmento. A nossa enquete mostra que há movimentos interessantes. Nossos associados, inclusive, já começaram a registrar melhorias nos negócios”, afirma Eduardo Murad, diretor-executivo da Associação.

Participaram 38 fornecedores. Do universo de respondentes, 24% afirmaram sentir impacto positivo em relação ao resultado do primeiro turno, contra 21% que perceberam repercussão negativa. Para os otimistas, ocorreram aumento na cotação dos eventos e retomada de viagens internacionais devido à queda do dólar. Quem citou a repercussão negativa citou, prioritariamente, a queda no volume de viagens.

Os entrevistados também acreditam que, apesar do resultado do primeiro turno, o mercado não apresentará muita oscilação até a decisão final, no domingo – 34% responderam que haverá movimentação, contra 63% que disseram não perceber alterações. Para os associados, em linhas gerais, isso significa que os investimentos estarão em stand-by até a definição.

A ALAGEV também perguntou aos fornecedores quais as principais medidas para melhorar o setor. Os três itens citados foram, respectivamente, redução da taxa de impostos, melhoria de infraestrutura e redução de taxa de juros.

Já em relação à volatilidade do mercado financeiro e os efeitos na operação de viagens e eventos corporativos, 29% dos fornecedores ouvidos afirmaram que sentiram uma melhora nos negócios, contra 11% que afirmaram ter percebido piora (60% disseram que continua a mesma coisa).

A relação de fornecedores ALAGEV é integrada, entre outras, por empresas do segmentos de hotelaria aviação, aplicativos de mobilidade, locadoras de veículos, empresas de soluções audiovisuais e de logística de eventos.

Gestores

A Enquete ALAGEV também ouviu 19 gestores de viagem. Para os profissionais que trabalham na linha de frente na gestão de viagens e eventos, o resultado do primeiro turno teve pouco ou nenhum impacto nos negócios: 89% responderam não ter registrado mudanças.

A pergunta sobre as medidas também foi feita para os gestores. As três mais citadas foram, respectivamente, melhoria na infraestrutura, redução da taxa de impostos e redução dos juros aparecendo juntamente com a revisão da CLT.

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED