Quinta-feira, 19 de Julho de 2018
Feiras & Eventos
Equipotel contará com espaço "Acessibilidade Universal"
Imagem do Artigo: Equipotel contará com espaço "Acessibilidade Universal"

Para as lideranças que trabalham em prol da acessibilidade, a Lei Brasileira de Inclusão – Estatuto da Pessoa com Deficiência, sancionada no dia 6 de junho/2015, tem pontos muito subjetivos com relação a normas técnicas que devem ser adotadas. Essa é avaliação do diretor do IDT-CEMA – Instituto de Desenvolvimento do Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente e líder do Movimento Mais Brasil, Edison Passafaro. “Toda legislação deveria remeter a parâmetros técnicos da ABNT. É uma garantia para que os projetos sejam seguidos com critérios corretos e padronizados. Uma questão positiva é que a lei reforça a importância do desenho universal para os ambientes e produtos, conceito que será apresentado no Espaço Equipotel de Acessibilidade Universal”. A Equipotel São Paulo acontece de 14 a 17 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

De acordo com Passafaro, o objetivo desse espaço dentro da Equipotel é educar o público, especialmente profissionais e empresários que atuam no setor da hospitalidade, mostrar que é possível criar espaços confortáveis e funcionais para atender as pessoas com alguma mobilidade reduzida. “Temos que respeitar a diversidade humana e desmistificar que a acessibilidade custa caro e/ou é difícil de ser aplicada. O Plano Diretor de Turismo da Cidade de São Paulo contempla a acessibilidade, assim como a lei federal 10.098/00 e o decreto federal 5.296/2004. É necessário somar esforços, para gerar inclusão social e oportunidades para todos”, afirma.

No que se refere aos avanços no setor de hospitalidade, já existe uma legislação que determina que 5% das unidades habitacionais devem estar adequadas às normas da ABNT, com recomendação de mais 10%. Com a nova lei de inclusão está previsto que 10% estejam adequadas à acessibilidade/desenho universal, mas não diz qual é a referência técnica. “Isso também vai gerar um ônus para os empreendimentos já existentes, especialmente para os pequenos donos de hotéis. Entendo que não  não deveria ter percentuais pré-estabelecidos, e sim a adoção de desenho universal, com base nas normas técnicas da ABNT, para novas construções e de reforma”, diz Passafaro.

 

Gestão eficiente

Em relação às boas práticas, os Estados Unidos estão bastante adiantados. Passafaro, que é usuário de cadeira de rodas, já viajou para cerca de 50 países e nunca teve problema para se locomover nos Estados Unidos. “Os americanos investem em estrutura urbana, onde tudo é padronizado, a exemplo das calçadas. No Brasil, os principais centros urbanos, como a cidade de São Paulo, oferecem uma estrutura razoável em termos de mobilidade, e poderia ser muito melhor, principalmente em relação às calçadas!”.

Ele reforça que tudo passa por planejamento e gestão. “Um dos cases que deveria ser seguido é o do Hotel Campo dos Sonhos/Parque dos Sonhos, que fica na cidade de Socorro (SP). Lá, foi adotado o conceito de desenho universal, e os hóspedes se sentem integrados nos ambientes e desfrutam de todas as atividades que o hotel oferece”.

 

Desafio para os chefs

Numa área de 250 m², o Espaço Equipotel de Acessibilidade Universal apresentará ambientes de convivência e unidades habitacionais concebidos através do conceito internacional de acessibilidade, atendendo as normas técnicas da ABNT. O projeto fica a cargo da Design Universal Arquitetura & Consultoria, com a coordenação do IDT-CEMA.

Nesse ambiente também serão promovidas palestras, atividades sobre acessibilidade e desenho universal na hotelaria, gastronomia, lazer e nos transportes acessíveis.

O espaço de gastronomia, coordenado pelo renomado chef Ivan Achcar, terá a participação de outros chefs e celebridades, que serão desafiados a preparar os pratos em situações, por exemplo, numa cadeira de rodas. A ideia é que todos vivenciem, na prática, o dia a dia das pessoas com mobilidade reduzida.

Nos quatro dias de Equipotel, os visitantes também poderão acompanhar o ciclo de palestras, com temas relevantes que serão apresentados por profissionais e especialistas da  ABIH, Aprecesp (Associação das Prefeituras das Cidades Estâncias do Estado de São Paulo), ABNT, IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), dentre outras entidades ligadas ao turismo, hotelaria e gastronomia.

A Equipotel 2015 está preparando uma ampla grade de conteúdos com cerca de 160 horas de atividades paralelas à exposição de produtos e serviços. A programação é composta por workshops, palestras e instalações que somam mais de 20 novos projetos onde o visitante poderá conhecer as boas práticas do mercado, além das 1500 marcas e 80 novas empresas que estarão nesta edição da feira.

Entre as novidades da Equipotel, estão a ampliação dos setores da feira com áreas para food service, equipamentos e utensílios, gestão de TI. Eventos paralelos também vão movimentar os quatro dias de feira, tais como a Ilha Gourmet, Equipotel Conference, Ilha do Conhecimento, Área SPA, 3ª edição da Mostra Abmotéis, o 4º Encontro de Negócios Food Service, Compradores do Futuro e o Espaço Carving Stúdio.

 

Equipotel São Paulo 2015

Data: 14 a 17 de setembro de 2015

Horário: segunda a quinta-feira, das 13h às 21h (entrada até às 20h)

Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

Site oficial: www.equipotel.com.br

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED