Quinta-feira, 19 de Julho de 2018
Trade
Foz do Iguaçu quer estar mais presente na rota turística dos colombianos
Imagem do Artigo: Foz do Iguaçu quer estar mais presente na rota turística dos colombianos

Atualmente, o número de visitantes proveniente da Colômbia não representa um volume significativo para o mercado brasileiro. Na busca de uma mudança nesse cenário, representantes de vários destinos nacionais estiveram naquele país para participar da 35ª Vitrina Turística – ANATO, que aconteceu em Bogotá, de 24 a 26 de fevereiro. Foz do Iguaçu, esteve na feira, e pretende ampliar o número de turistas colombianos que visitam a cidade, que no ano passado ficou na casa dos 12mil.

Para se ter uma ideia da relevância da participação de Foz do Iguaçu, a Anato é considerada a mais importante feira de turismo na Colômbia e uma das mais relevantes da América Latina. Em um formato que permite que vendedores e compradores dos produtos e serviços turísticos do mundo todo reúnam-se para conhecer a oferta de aproximadamente 32 países e de todas as regiões do país anfitrião. São cerca de mil empresas expositoras, que, segundo a organização, recebem mais de 38 mil visitantes em três dias, todos, profissionais de turismo que procuram realizar contatos e conhecer a diversidade de ofertas turísticas.

Foz do Iguaçu aproveita a oportunidade para, através do Iguassu Convention & Visitors Bureau, realizar uma capacitação para os agentes de viagens presentes e, de forma institucional, participar da mesa de trabalho da Embratur. Com um trabalho focado em atração de mais visitantes para Foz do Iguaçu e Região, a ação foi norteada em atualizar as informações sobre o Destino Iguaçu e atrativos, bem como demostrar as melhores formas de comercialização, combinações de roteiros e conectividade com outros destinos.

Segundo Célia Andrade, coordenadora de Vistors do Iguassu CVB, que esteve na feira, a estratégia é dar mais segurança aos profissionais na hora de vender o Destino Iguaçu. “Queremos que esses agentes de viagens tenham o máximo de opções e embasamento sobre o que temos em nossa região. Isso melhora sua confiança no momento da comercialização, o que trará resultados positivos ao Destino”.

A representante do Iguassu CVB também destaca à importância da participação para fortalecer a rede de relacionamento do Destino Iguaçu com os agentes de viagem membros do Comitê Descubra Brasil na Colômbia e companhias aéreas. “Ficamos mais próximos desses profissionais, que passam a nos enxergar como parceiros, dando uma credibilidade e, principalmente, facilitando seu trabalho no envio de visitantes colombianos para nossos atrativos”.

O Brasil na Colômbia
Em parceira com o Instituto Brasileiro de Turismo – Embratur, 13 estados e municípios brasileiros participaram da Anato 2016. De acordo com o Manual de Apoio aos Expositores, a estimativa é que a feira gere mais de US$ 1.120.000,00 em negócios para o País.

O Brasil esteve presente com um estande de 108m², voltado para o ambiente de negócios, com sala de reunião, representantes do setor privado brasileiro – operadores de turismo, meios de hospedagem e companhia aéreas -, além de destinos como Amazonas; Santa Catarina, Balneário Camboriú; Ceará; Pernambuco; Foz do Iguaçu; Bahia; Rio Grande do Norte; Minas Gerais; Mato Grosso do Sul, Bonito e Pantanal; Rio de Janeiro e Angra dos Reis CVB; e São Paulo e Ilha Bela.

Mercado Colombiano
A Colômbia, segundo os dados do Anuário Estatístico de Turismo da Embratur 2015 (Ano base 2014), enviou 158.886 visitantes para o Brasil, representando o 12º emissor internacional de turistas, o 5º sul americano, atrás da Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai. Quando analisado os últimos três anos, os dados apontam um crescimento do interesse desse público em viagens para destinos brasileiros.

Com esses números, Foz do Iguaçu trabalha na atração de uma nacionalidade com grande potencial de crescimento em visitação. Segundo o ICMBio, no ano passado 12.327 colombianos visitaram o Parque Nacional do Iguaçu, o que caracteriza o país como o 15º emissor de estrangeiros e o 5º emissor estrangeiro da América do Sul, atrás da Argentina, Paraguai Peru e Uruguai, com um potencial de crescimento acima de 80%, somente se considerarmos os colombianos que já visitam outras localidades brasileiras.

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED