Quarta-feira, 18 de Julho de 2018
Destinos
Gramado (RS) aposta na expansão do turismo de negócios
Imagem do Artigo: Gramado (RS) aposta na expansão do turismo de negócios
O fortalecimento do turismo de negócios e eventos na cidade de Gramado (RS) foi um dos temas da audiência entre o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves; o prefeito da cidade gaúcha, Nestor Tissot; e a secretária municipal de Turismo, Rosa Helena Wolk. No início da tarde desta terça-feira (9), além de pleitear o apoio do MTur para a reforma e ampliação do Centro de Feiras ExpoGramado, Tissot e Wolk anunciaram a retomada da Feira Nacional de Artesanato (Feart) no município e pediram atenção do ministério à segunda etapa do projeto do Anel Viário.
O município gaúcho de Gramado tem 34 mil habitantes e recebe anualmente seis milhões de visitantes. Todo ano sedia cerca de 300 eventos mantidos pela iniciativa privada e pelo menos um grande evento mensal organizado pela Prefeitura, que movimentam em torno de 40% do fluxo local total de turistas. O Natal Luz, por exemplo, deve se estender por 80 dias este ano. De acordo com o ministro Henrique Alves, Gramado é “referência nacional para uma série de atividades e segmentos do turismo”. Ele acredita que tanto o calendário quanto a estrutura da cidade comportam um novo investimento e afirmou que vai examinar com cuidado os projetos.

Segundo o prefeito Nestor Tissot, há espaço para crescimento. “Gramado não tem um grande centro de convenções, por isso a importância de adequar o equipamento disponível”. Hoje, o ExpoGramado tem capacidade para cinco mil pessoas. Segundo a secretária Rosa Helena Wolk, com o projeto de expansão, orçado em R$ 18,3 milhões, a capacidade pode ser duplicada e a estrutura deve ganhar outros reforços e modernização.

A infraestrutura turística de Gramado é um modelo de sucesso no país, com 13 mil leitos na rede hoteleira e completa estrutura para visitantes – gastronomia, atrativos, roteiros e diversidade de serviços. O setor induz a economia de 12 municípios da região, incluindo atividades do agronegócio. Cerca de 60 propriedades rurais integram circuitos para visitantes e abastecem o turismo local com produtos coloniais. Para trabalhar na conscientização da população sobre a importância do “bem servir” em turismo, a rede municipal de ensino mantém desde 1973 uma disciplina de Educação Para o Turismo.

por Vanessa Sampaio

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED