Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
Corporativo
Indústria do turismo pode gerar 8 milhões de empregos e receita adicional de 75 bilhões de dólares no PIB
Imagem do Artigo: Indústria do turismo pode gerar 8 milhões de empregos e receita adicional de 75 bilhões de dólares no PIB

O Talent Boost, primeiro evento organizado pelo Fórum Mundial de Turismo de Lucerna na América Latina, aconteceu hoje no hotel Tivoli São Paulo Mofarrej. O fórum reuniu a indústria do turismo e hospitalidade, autoridades governamentais, professores e estudantes que discutiram os principais desafios e oportunidades nas carreiras e mercado de trabalho no setor. Atualmente, 10% da população mundial trabalha na indústria do turismo.

O evento começou com a abertura do professor Martin Barth, CEO do Fórum Mundial de Turismo de Lucerna, que falou da importância de ter um fórum como este no Brasil. Entre as palestras apresentadas, destaca-se a de Aradhana Khowala, consultora e sócia-diretora da Bridge.Over Group, que destacou a importância de mão-de-obra qualificada para alavancar o crescimento do turismo no país. Segundo seus estudos, se o Brasil priorizar o crescimento do setor de turismo com capacitação e promoção, poderá aumentar sua contribuição ao PIB em cerca de US$ 75 bilhões, elevará a sua posição no ranking mundial de competitividade e criará mais de 8 milhões de empregos. Em 2015, o Brasil passou para a 28ª posição no ranking mundial de turismo e hospitalidade por causa da Copa do Mundo, que atraiu milhares de turistas. Até 2013, sua posição era a de 51ª.

Para conseguir chegar a este objetivo, a consultora destaca o investimento na educação. “As soluções a longo prazo são: aumentar o acesso à educação, construir mais escolas, diminuir a evasão escolar e melhorar a qualidade de ensino fundamental e nas faculdades”, afirma.

Universidade e Empresas juntas

 Gioia Deucher, CEO da Swissnex Brasil e moderadora do evento, deu início ao painel “Como assegurar que a indústria atraia os melhores talentos” afirmando que os principais desafios para o setor de turismo e hotelaria são gerar mais oportunidades para os talentos, diminuir o vão entre a universidade e as empresas do turismo e gerar mais conectividade entre elas e os estudantes.

Deste painel participaram Alexandre Solleiro, CEO do Brazil Hospitality Group (BHG), Juerg-Herbert Baertschi, Vice-Presidente da Korn Ferry International, Mariana Aldrigui, Professora e Pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP), Xuanyi Wang, estudante da Universidade de São Paulo (USP), e Magda Nassar, presidente da Braztoa, que fomentaram a discussão entre as expectativas dos estudantes, o ponto de vista acadêmico e corporativo sobre como atrair e reter os talentos, e novas práticas e metodologias no mercado de turismo. Solleiro destacou: “precisamos definir as estratégias do negócio, recrutar pessoas com as competências necessárias – porque habilidades se aprende – e ter líderes bem preparados para treinar estes talentos”.

Para a professora Mariana, há muitas expectativas dos alunos em relação ao mercado de trabalho em hotelaria, que ainda exige longas jornadas, oferece salários baixos e conta com muitas empresas que não se renovaram. “Eu sempre digo a eles para usarem a criatividade, perguntar, apresentar novas ideias, mesmo que a empresa seja mais conservadora”, afirmou.

A importância de ter um plano de carreira, preparar os estudantes para serem também empreendedores e envolver o colaborador para que ele realmente vista a camisa da empresa e se sinta motivado foram os outros temas destacados no painel.

Future Camp: hotel 100% sustentável

Gabrielle Kull, fundadora e conselheira do programa future.camp®, apresentou no seu painel como funciona este sistema de consultoria de sustentabilidade gratuita para hoteleiros, trazendo uma plataforma para conferências e workshops aberta para hóspedes e público local. Os hoteleiros e os hóspedes se beneficiam de um programa de incentivo diverso em vários setores: mobilidade, habitação, energia, gestão de resíduos, água, alimentação, design e lazer.

Rodolfo de Oliveira, gerente de qualidade e sustentabilidade da brasileira Vert Hotéis, que iniciou uma parceria com o future.camp®, focou três pilares da sustentabilidade: econômico, ambiental e social, mostrando como o desenvolvimento sustentável pode reduzir gastos, economizar recursos e induzir ao consumo responsável.

Os jovens talentos

Para ouvir as expectativas dos estudantes de turismo, foram convidadas duas alunas da USP, Xuanyi Wang e Jessica Latorre, que debateram sobre novas formas de recrutamento, reconhecimento, feedback, crescimento profissional, melhores oportunidades no mercado de trabalho e a importância de ter boas lideranças.

O evento teve a participação do professor Martin Barth, CEO do Fórum Mundial de Turismo de Lucerna, e contou com o apoio da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP). Entre os participantes estiveram presentes também o embaixador da Suíça no Brasil, André Regli, o Chairman do Fórum Mundial de Turismo de Lucerna, Reto Wittwer, a secretária de turismo do Estado de São Paulo, Maria Cristina Favoretto, o Diretor Associado Para Cooperação Internacional da Universidade São Paulo, Maurício Batista, o CEO e Fundador da Quantonomics, Lars Sonderegger, o Vice-Presidente Korn Ferry International, Juerg-Herbert Baertschi, e a CEO da Swissnex Brasil, Gioia Deucher.

Para ter acesso à íntegra das apresentações e das fotos do evento, visite http://talentboost2016.wtflucerne.org/downloads.

Sobre o Fórum Mundial de Turismo de Lucerna

O Fórum Mundial de Turismo de Lucerna (WTFL) é uma plataforma profissional multidisciplinar que fornece aos decisores nas áreas de negócios, política, ciências e finanças um panorama geral de questões atuais e tendências no setor global de turismo. É a única plataforma internacional que promove interação entre os principais decisores e jovens talentos do setor, sob a designação de “Futura Geração”. O WTFL é mantido por um Conselho Consultivo internacional, sob a direção de Reto Wittwer, e acontece anualmente, alternando os locais entre Lucerna (Suíça) e Guizhou/Gui’an (China). As próximas datas são 23 e 24 de setembro de 2016, na China, e 3 a 5 de maio de 2017, na Suíça. Para mais informações: www.wtflucerne.org

 

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED