Terça-feira, 22 de Maio de 2018
Trade
Peru recebeu 3,5 milhões de turistas internacionais em 2015
Imagem do Artigo: Peru recebeu 3,5 milhões de turistas internacionais em 2015

Durante o ano de 2015 chegaram 3,5 milhões de turistas internacionais ao Peru, cifra que superou em 241 mil a de 2014 e representou um incremento de 7,5%. Os meses com maior afluência de turistas internacionais foram janeiro (298 mil turistas), junho (276 mil) e julho (333 mil turistas), com crescimento de 12%, 12,3% e 11,2%, respectivamente. Para a ministra de Comercio Exterior e Turismo do Peru e presidenta do Conselho Diretivo da PROMPERÚ, Magali Silva Velarde-Álvarez, a estratégia de promover o Peru como um destino turístico com oferta diversificada tem dado bons resultados em diferentes mercados. “No mês de outubro, as reuniões da Junta de Governadores do Grupo do Banco Mundial (GBM) e a Junta de Governadores do Fundo Monetário Internacional (FMI), geraram um impacto positivo adicional, uma vez que Lima foi a cidade sede dos eventos”, destacou a titular do MINCETUR.

Américas

 

O principal país emissor de turistas ao Peru durante 2015 foi o Chile, que registrou um aumento de 8,9%, o que representa um adicional de 81 mil turistas. O segundo país emissor, Estados Unidos, cresceu 6%, com um fluxo adicional de 31 mil visitantes. O terceiro país emissor, Equador, cresceu 14,3%, com 32  mil turistas a mais; e o quarto país emissor, Argentina, com 9,6% de crescimento e um fluxo adicional de 15 mil turistas. Nos Estados Unidos o crescimento é resultado de ações, principalmente digitais, dirigidas ao consumidor final. Destacam-se uma aula de culinária virtual divulgada nas redes sociais e ações de co-marketing focadas no segmento de aventura, que despertaram interesse em mais de 80 mil potenciais turistas. Além dessas ações, destaca-se o permanente trabalho com a indústria turística apoiado por entidades como a Associação de Operadores Turísticos dos Estados Unidos (USTOA, sigla em inglês) e Associação de Comerciantes de Viagens de Aventura (ATTA, sigla em inglês), assim como a rede Virtuoso.

 

As chegadas de turistas internacionais da América do Sul cresceram 7,9% em 2015 e concentraram 55% do total de turistas, liderados pelo Chile, com 985 mil turistas e Equador, com 256 mil turistas, mercados em que se vem trabalhando a promoção turística tanto na fronteira quando nas principais cidades. Vale destacar o comportamento do mercado argentino, que evidencia uma importante recuperação no fluxo deste país emissor, que atualmente representa o terceiro mais importante da região. O Brasil enviou ao Peru, em 2015, 148.312 turistas.

 

A Aliança do Pacífico, que representa uma plataforma de comercialização potente para os empresários do setor, mostrou um crescimento acumulado de 9,2% em 2015. Liderado por México (14%), seguido de Chile (8,9%) e Colombia (8,9%). Uma das ações específicas colocadas em prática foi a Primeira Caravana de Turismo nos quatro países que integram o bloco econômico, que convocou 240 empresários turísticos. Os países da Aliança do Pacífico representam 35,5% das chegadas ao Peru. Na América Central, destacam-se os crescimentos da Costa Rica (117,2%) e El Salvador (30,3%), mercados que começam a descobrir a oferta variada do Peru.

Ásia e Oceania

 

Entre os países da Ásia destacam-se o crescimento de Taiwan (46,4%), Coreia do Sul (33,8%), Hong Kong (28,4%) e República Popular da China (15,9%). A ministra Magali Silva assinalou que o aumento de chegadas da China é resultado, em parte, das diversas atividades desenvolvidas, como a EXPO Perú (realizada em 2014 com a participação de empresas peruanas), as viagens de familiarização de agentes de viagens chineses, viagens para imprensa organizadas pela PROMPERÚ com apoio dos Escritórios Comerciais do Peru, Roadshows da Aliança do Pacífico (Peru, Colômbia, Chile e México) em Hong Kong e Taiwan.

 

Europa

 

Outro conjunto de mercados com bom comportamento em 2015 foi a Europa. A Itália incrementou suas visitas ao Peru em 9,6%, seguida da Alemanha (8,4%), França (8,1%) e Espanha (5,9%). No caso da Itália o interesse crescente e a cobertura concedida ao Peru em programas de TV italianos como Kilimangiaro, Overland, Pecchino Express nos canais RAI 1, RAI 2 e RAI 3, alcançaram bons números de audiência. No caso da Alemanha, foi forte a inserção em veículos impressos e digitais da campanha publicitária “Peru, país de tesouros escondidos”, e houve a implementação de capacitação virtual para a cadeia comercial por meio de cursos E-learning, nos quais foram capacitados mais de 500 operadores alemães nos últimos seis meses.

 

Informações sobre destinos turísticos do Peru: http://www.peru.travel/pt-br/

Compartilhe:

Apoiadores
©2018 Rent My Brain
Desenvolvido por SIXSIDED