Podcast é tendência na publicidade online em 2016

Começo de ano é sempre a época ideal para apontar novidades, tendências e caminhos que devem direcionar a publicidade pelos 12 meses seguintes. Para Silmar Geremia, diretor executivo da agência Prótons, em 2016 um desses caminhos atende por um nome já conhecido na internet brasileira: o podcast. A agência é a única 100% focada no formato no Brasil.

“Com o fenômeno dos adblocks e com os internautas com seus olhos treinados a ignorar a publicidade tradicional nos sites, é cada vez mais importante atrelar a mensagem do anunciante e o seu produto ao conteúdo”, explica Silmar. “Em um podcast é possível fazer exatamente isso, unindo o tema do programa ou um assunto ao anúncio, sempre de forma leve e interessante. Isso fortalece a mensagem”.

Os podcasts surgiram por volta de 2004 e 2005, unindo o formato tradicional do rádio com a interatividade e a distribuição na internet. Atualmente, os programas são ouvidos por mais de 46 milhões de pessoas nos EUA, de acordo com a Edison Research, sendo que cada um ouve uma média de seis programas semanalmente. No Brasil não há, ainda, números consolidados, mas o SciCast, que é um dos líderes no setor, possui mais de 230 mil downloads semanais, por exemplo.

“É uma audiência grande, engajada, que adora seus programas e se identifica com os apresentadores. Isso potencializa qualquer campanha”, explica Silmar. Além disso, é possível recorrer desde formatos mais tradicionais, como os spots, a outros menos engessados, como programas totalmente temáticos de um assunto, por exemplo. “Isso tudo sempre com um ótimo custo-benefício, já que com um custo menor do que com banners é possível impactar o público alvo de forma mais contundente”.

Com os olhares do mercado publicitário e o crescimento dos investimentos, a tendência é que haja uma consolidação dos podcasts em 2016, com o surgimento de novos nomes famosos e a profissionalização ainda maior de quem está no mercado. “Porém, quem começar antes, seja anunciante ou podcaster, vai claramente estar na frente quando esse segundo momento chegar”, aposta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *